quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

5º CONCURSO DE DECORAÇÕES DE NATAL INTER-ESCOLAS MAKE-A-WISH

No seguimento do 5º Concurso de Decoração de Natal Inter-Escolas anunciamos as Escolas que ficaram no 1º, 2º e 3º lugares!

1º lugar: Escola Básica 2,3 de Taveiro - Agrupamento de Escolas de Coimbra Oeste
Prémio: Visita da embaixadora Paula Lobo Antunes e entrega 50 livros LeYa

2º lugar: Escola Básica e Integrada Canto da Maia - Ponta Delgada - Ilha de S. Miguel
Prémio: Entrega 25 livros LeYa

3º lugar: Escola Básica Fernando Caldeira - Agrupamento de Escolas de Águeda
Prémio: Entrega 15 livros LeYa

Nunca é demais agradecer todo o esforço, empenho e dedicação de todos os envolvidos. Juntos, estamos a fazer  a diferença: é com o vosso apoio e entrega que, diariamente, envolvemos os alunos capacitando-os para serem cidadãos mais atentos ao próximo, no âmbito de uma responsabilidade social mensurável e real.

Todas as Escolas participantes irão receber um certificado de participação

Muito obrigada por tudo!


O Agrupamento de Escolas de Ponte de Sor, em conjunto com as empresas que se juntaram a esta causa e toda a comunidade educativa que colaborou, conseguiu angariar 872,13€ para a Make-A-Wish
Este dinheiro vai ajudar a concretizar muitos desejos

Um obrigado do tamanho do UNIVERSO a todos os que acreditam e ajudam nesta causa

Colocar na página da escola estes dois vídeos do youtube, por favor, seguidos deste texto caso seja possível

Fundadores Make A Wish legendado


Andreia - a jovem Make-A-Wish

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

EB de Galveias





Com o objetivo de estimular a criatividade e a imaginação e de promover a produção escrita, a turma B de 3° e 4° anos, da EB de Galveias participa nos desafios do blogue Histórias em 77 palavras, da escritora Margarida Fonseca  Santos.
Este blogue é recomendado pelo PNL e pela Direção Geral da Educação.
Os desafios são muito divertidos e os alunos escrevem com uma maior motivação e interesse.
A escritora divulga as nossas histórias no blogue e alguma delas até são lidas pela escritora na Rádio Sim.
As histórias que escrevemos ao longo do 1° período ficaram bem engraçadas.
Ora vejam!

21 setembro 2017
EB Galveias, 3º/4º B - escritiva nº 24
O Pedro e o lobo
O Pedro era um menino mentiroso e adorava pregar partidas.
Ele disse que o lobo o estava a atacar mas era mentira. Disse isto durante vários dias.
Os amigos tentaram sempre ajudá-lo. Mas descobriram que era tudo uma grande mentira.
Certo dia, o lobo atacou-o mesmo, mas os amigos não acreditaram e não o socorreram.
A sorte é que o avô estava perto e salvou-o.
O Pedro prometeu que nunca mais mentia.
Mentir é muito, muito feio!!!
EB Galveias, 3º/4º B, professora Carmo Silva

Escritiva nº 24 - mini histórias da infância





13 outubro 2017
Maria Leonor, 3° B, EB de Galveias – desafio 127
A estrela cheia de stress
Numa bela noite, uma estrela chamada Estrelada mostrou-se muito estranha.
Ao serão, um rapaz chamado Renato Miguel apareceu à janela, viu a estrela Estrelada e disse-lhe:
― Olá, estrela, és muito bonita e brilhante!
E ela respondeu:
― Obrigado, tu também és muito bonito. Queres ver a estreia da KC Agente Secreta?
― Quero! Ui estou ansioso!
Eles os dois disseram:
― O som é mesmo estridente! Um homem a distribuir estrogonofe e um monstro desastrado constrói e mostra strikes bons!
Maria Leonor, 3° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva

Desafio nº 127 – stra, stre, stri e stro x 3

13 outubro 2017
3°/4° B, EB de Galveias – desafio 127
O menino desastrado
Numa noite de céu estrelado, um menino desastrado caiu da cama e partiu o nariz.
De manhã, foi ter com um cigano para ele lhe destrocar dinheiro. Este deu-lhe com uma ostra na cabeça.
― Que estranho! O mestre passou-se da cabeça! ― pensou ele.
À tarde foi jogar bowling e fez um strike. Deixou cair uma bola em cima do pé e até viu estrelas. Ouviu-se uma voz estridente. Era um astronauta a fazer a distribuição de estrofes!
3°/4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Desafio nº 127 – stra, stre, stri e stro x 3
13 outubro 2017
Lara, EB de Galveias – desafio 127
O mestre Renato
Certo dia, o mestre Renato estava a fazer um estrogonofe. Depois de comer o seu estrogonofe foi dar um passeio no jardim do parque. Passou a estrada e chegou ao parque.
No parque estava a haver uma distribuição de jornais.
O mestre Renato, quando estava a ver as pessoas a distribuírem os jornais, conheceu uma pessoa e foi mostrar a sua estratégia no strike.
De noite pareceu-lhe ver uma estrela a destrocar um astro, mas com stress.
Lara, 4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Desafio nº 127 – stra, stre, stri e stro x 3

13 outubro 2017
Renato, 4° B, EB de Galveias – desafio 127
O rapaz do estrogonofe
Era uma vez um rapaz que adorava comer estrogonofe. Um dia apareceu uma ostra viva a comer estrogonofe e ele disse-lhe:
― Eu sou o mestre da culinária entrega-me a estrela lendária do astronauta ou atiro-te à estrada.
 E então a ostra perguntou-lhe:
― Não queres jogar bowling antes de eu morrer? Eu posso fazer um último strike!
E o rapaz respondeu:
― Ok.
Voltando o stress, então o rapaz disse:
― Ostra és tão desastrada. Andas a distribuir estrofes estridentes!!!
Renato, 4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva

Desafio nº 127 – stra, stre, stri e stro x 3


24 outubro 2017
3°/4° B, EB de Galveias ― escritiva 25
O senhor Apito Esganiçado viu um pito e um pato dentro de um prato, a serem comidos por um grande comilão chamado João. Ele usava um boné preto e estava preso no quarto. Quando tentou sair, o seu peso exagerado, fez com que escorregasse no piso molhado e que ficasse todo derreado.
A mãe viu tudo e disse:
― Ó filho, tu estás bem?
Ouviu-se um riso maroto, era o tagarela do papagaio a chamar-lhe: obeso, obeso, obeso...
3°/4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Escritiva nº 25 - palavras em sequência de mudança

29 outubro 2017
Lara ― escritiva 25
O Tiagolas
Era uma vez um rapaz chamado Tiagolas que andava sempre com um apito ao pescoço.
Um dia acordou cedinho e foi fazer um pito assado e comeu-o com arroz de pato, num prato preto.
Logo a seguir foi passear e viu um homem a ser preso por um assalto de peso, que ocorreu no primeiro piso.
Após o passeio, o Tiagolas foi para a aula de educação física e ouviu o riso da linda professora Maria Amélia.
Lara, 4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Escritiva nº 25 - palavras em sequência de mudança

29 outubro 2017
Renato ― escritiva 25
Piiiiiiiiiiii!
Era uma vez um apito que vivia com um pito. Eles adoravam comer pato com laranja, num prato preto.
Um dia o pito foi comer ervilhas com chouriço, mas o prato não gostou daquela coisa verde e disse-lhe:
― Parece que alguém violou a lei. Vais ser preso!
― Eu vou ser “peso”... Isso é que “erra” bom! Vou é atirar-te do 5° piso ― respondeu o pito.  
― Tchau, pito, dá o teu último riso.
― Pííííí…
A conversa acabou aqui!
Renato, 4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Escritiva nº 25 - palavras em sequência de mudança

29 outubro 2017
Afonso ― escritiva 25
O almoço com o pai
O riso do meu pai fazia-me rir quando íamos comer ao primeiro piso do restaurante da esquina. A comida era a peso. Um dia o casaco dele ficou preso no enorme cadeirão preto. Eu comi num grande prato, um belo arroz de pato. O meu pai comeu pito assado com batatas fritas. Depois comprou-me um chupa em forma de apito.
O meu pai não se cansava de falar no dinheiro que recebia, lá no seu novo trabalho.
Afonso, 4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Escritiva nº 25 - palavras em sequência de mudança










29 outubro 2017
Maria e Leonor ― escritiva 25
D. Lara, a cozinheira
A Lara levou a Maria e a Leonor, para o restaurante.
Elas levavam um apito, que apitava muito.
A mãe ligou-lhes a televisão, deixou-as na salinha e foi fazer o pito e o pato.
Ela colocou a refeição num prato preto.
A Maria foi provar e ficou com um bocado de pito preso no dente e sentiu o peso da colher de pau.
A Leonor foi para o segundo piso, mas o seu riso ouvia-se na cozinha.
Maria e Leonor, 3°/4° B, EB de Galveias, professora Carmo Silva
Escritiva nº 25 - palavras em sequência de mudança


09 novembro 2017
3°/4°B, EB Galveias ― desafio 37
D. Kiki II
Um monte de pó cobre os óculos de sol do D. Kiki II.
Ele é um fofo e come muitos bombons. É um pouco gordo, tem muitos pneus, é sorridente, tem um robô como mordomo e é rico.
Com o pó que tem nos óculos vê tudo escuro.
Colocou um produto nos óculos e logo viu tudo.
― Ó meu Deus! Estou obeso como um porquinho! Tenho de comer frutos, legumes, muito chuchu e... muito, muito exercício físico.
3°/4°B, EB Galveias, professora Carmo Silva
Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

12 novembro 2017
Renato ― desafio 37
O mundo
Num mundo cheio, enorme, vejo um pónei vermelho e orelhudo com um relógio...
“Ele é perfeito, sim, super primoroso”, penso eu, sem me rir.
É outono, fico com fome, o tempo é pouco, como nozes e um belo dióspiro.
Depois pego num livro e noto logo o sentido ― vídeos de entretenimento com esquilos pequenos e gordos como eu.
“Momentos de ouro!”, disse eu.
Quero ver o YouTube, quero dormir, quero me sumir, quero conhecer o mundo melhor!
Renato, 4° B, EB Galveias, professora Carmo Silva
Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

14 novembro 2017
3°/4° B, EB Galveias - desafio 8
Cantora da moda                                                              
A mãe da Rosa está no TOP.
É a cantora da moda, tal como a Popota.
Neste Natal desloca-se ao Porto.
A Teresa e a Rosa transportam o cão, o pato, o rato e o porco, eles são as mascotes do ano.
Entram no palco e começam a saltar de emoção. São as estrelas deste Natal!
Têm o dom de cantar. Cantam e encantam por onde passam.
― STOP! Está a passar a dama com uma mala espantosa!!!!!!!
3°/4° B, EB Galveias, professora Carmo Silva

Desafio nº 8 – crise de letras; usar só A E O T R S P L M N D C